Matérias - Semana 07 O material para discipular! | OBPC Mandaqui


Semana 07 O material para discipular!

Semana 07 O material para discipular!

DUAU – Discipulado um a um:
O QUE OBSERVAR NOS CAPÍTULOS 5, 6 E 7 DO EVANGELHO DE MATEUS?
O material para discipular!

O esvaziamento do ‘EU’. “... os pobres em espírito...” – 5.3.
A sensibilidade diante das questões da vida. “... os que choram...” – 5.4.
A humildade. “... os humildes...” – 5.5.
O senso da honestidade. “... os que têm fome e sede de justiça...” – 5.6.
A dor pelo sofrimento dos outros. “... os misericordiosos...” – 5.7.
A benignidade nos olhos. “... os puros de coração...” – 5.8.
A capacidade de perder em favor de outros. “... os pacificadores...” – 5.9.
Ter sangue nas veias. “... os perseguidos por causa da justiça...” – 5.10.
A alegria no sofrimento. “... alegre-se e regozije-se...” – 5.11-12.
Dar significância nos ambientes. “Vocês são o sal da terra...” – 5.13.
Dar segurança nos ambientes. “Vocês são a luz do mundo...” – 5.14-16.
Dar moralidade nos ambientes. “... vim... cumprir (a lei)...” – 5.17-19.
Nivelar por cima. “... a justiça de vocês... muito superior...” – 5.20.
Não matar. “... não matarás...” – 5.21-22.
Ter espírito conciliador com os irmãos. “... vá primeiro reconciliar-se com seu irmão...” – 5.23-25.
Ter harmonia com os adversários. “Entre em acordo depressa com o seu adversário...” – 5.25-26.
Não ter olhos grandes. “... não adulterarás...” – 5.27-30.
Cuidar da aliança. “... exceto por imoralidade sexual...” – 5.31-32.
Cultivar a credibilidade. “... seja o seu sim, sim; e o seu não, não...” – 5.33-37.
Prestigiar a paz. “... não resistam...” – 5.38-42.
Alimentando a identidade de cidadão do céu. “... para que vocês venham a ser filhos do seu pai que está no céu...” – 5.43-48.
Avaliando as motivações. “... (não) para serem vistos...” – 6.1.
Caçando recompensas. “... e seu Pai... o recompensará...” – 6.1-4.
Fim ao exibicionismo. “... não sejam como os hipócritas...” – 6.5.
A vida de profundidade. “... ore a seu Pai... em secreto...” – 6.6.
Usando a mente para orar. “... não fiquem sempre repetindo a mesma coisa...” – 6.7.
Ser igual aos bons. “Não sejam iguais a eles...” – 6.8.
Dando a Deus o lugar devido. “... estás nos céus...” – 6.9.
Conformando-se ao plano de Deus. “... seja feita a tua vontade...” – 6.10.
Reconhecendo as necessidades materiais. “Dá-nos hoje o nosso pão de cada dia” – 6.11.
Reconhecendo as necessidades espirituais. “Perdoa as nossas dívidas...” – 6.12.
Apegados a Deus. “livra-nos do mal...” – 6.13.
Perdão incondicional. “... se perdoarem...” – 6.14-15.
É hora de mortificar a carne. “Quando jejuarem...” – 6.16-18.
Ajuntando patrimônio. “... acumulem para vocês tesouros nos céus...” – 6.19-20.
Quem é o dono do teu coração? “Pois onde estiver o seu tesouro, aí também estará o teu coração” – 6.21.
Cuidado com o que você está vendo! “Os olhos são a candeia do corpo...” – 6.22-23.
Quem é o dono da tua vida? “Ninguém pode servir a dois senhores...” – 6.24.
Não banalize sua vida. “... é a vida mais importante que a comida...” – 6.25-26.
O grande patrimônio é a fé. “... homens de pequena fé...” – 6.27-31.
Deus cuida. “... o Pai celestial sabe que vocês precisam...” – 6.32.
Buscando valores internos. “... em primeiro lugar o Reino de Deus...” – 6.33.
Vivendo o dia de hoje. “... não se preocupem com o amanhã...” – 6.34.
A lei da reciprocidade. “... da mesma forma que julgarem, vocês serão julgados...” – 7.1-2.
Seja bom para ajudar outras pessoas. “... tire primeiro a viga do teu olho...” – 7.3-5.
O desperdício da Palavra. “Não deem o que é Sagrado aos cães...” – 7.6.
Filhos ficam a vontade na casa do pai. “... boas coisas aos seus filhos...” – 7.7-11. Conquistando pelo exemplo. “... façam aos outros o que querem que eles lhes façam...” – 7.12.
O melhor caminho não é o mais fácil. “... é apertado o caminho que leva a vida...” – 7.13-14.
Cuide da sua essência. “.. a árvore boa não pode dar frutos ruins...” – 7.15-20.
Importa o que você faz. “... aquele que faz a vontade do meu pai...” – 7.21-23.
A forma como você trata a Palavra de Deus define a estabilidade ou não da sua vida. “... quem ouve estas minhas palavras e as pratica é como um homem prudente que construiu a sua casa sobre a rocha...” – 7.24-27.
O tônico do conhecimento. “... ele as ensinava como quem tem autoridade...” – 7.28-29.

 

Pr Joel Stevanatt

pjstevanatto@gmail.com

 




Voltar





https://www.embed-map.com

Copyright Grupo Alphanet Hosting @ 2018


  • Facebook
  • Twitter
  • Google +
  • Youtube