Matérias - Semana 07 GRUPOS PEQUENOS É MAIS DO QUE REUNIR-SE EM CASA! | OBPC Mandaqui


Semana 07 GRUPOS PEQUENOS É MAIS DO QUE REUNIR-SE EM CASA!

Semana 07 GRUPOS PEQUENOS É MAIS DO QUE REUNIR-SE EM CASA!

GRUPOS PEQUENOS É MAIS DO QUE REUNIR-SE EM CASA!

São membros dos Grupos Pequenos as pessoas comprometidas com a ideia de expansão e desenvolvimento do Reino de Deus na terra, por meio da evangelização de não crentes e da maturidade espiritual dos crentes. O envolvimento desses membros não é apenas com uma reunião semanal em determinada casa, mas com a vida das pessoas que fazem parte daquele grupo e com os não crentes que o grupo está evangelizando. Alguém é convidado a adquirir o status de membro do GEMES quando entende isso e se dispõe a assumir esse compromisso, o qual é feito por escrito. Dentro dos GEMES temos, assim como na igreja convencional, pessoas mais maduras do que outras, mais comprometidas do que outras. Isso sempre será assim, pois todos os dias novas pessoas estão entrando para a igreja e começando o processo de desenvolvimento espiritual. O que diferencia o trabalho dos Grupos Pequenos é que ali as pessoas possuem maior incentivo e mais ferramentas (através da ministração de uns aos outros) para o seu desenvolvimento espiritual. É isso que Paulo diz na carta aos Efésios quando explica porque Jesus entregou dons e ministérios à igreja. Lá, o Apóstolo indica a ministração de uns aos outros através da justa operação de cada parte, como o meio pelo qual a igreja faz acontecer o seu próprio crescimento, ‘tudo através do amor’, salienta Paulo. O nosso maior interesse está no dia-a-dia das pessoas. Entendemos como um Grupo saudável, aquele que produz relacionamentos que extrapolam os limites do dia e tempo da reunião em si, pois a reunião é apenas uma ferramenta usada para a conquista dos propósitos dos grupos. Os encontros fora do contexto das reuniões geram os mais verdadeiros e profundos relacionamentos, quando as pessoas passam a se encontrar durante outros dias para conversarem, comerem juntas ou simplesmente orarem umas pelas outras. Elas se lembram das datas festivas dos outros e cumprimentam-se. Participam de festas de aniversário, visitam os que estão doentes, reúnem as famílias para um churrasco ou um simples bate-papo. Esse relacionamento, fora do contexto das reuniões, gera o pastoreio de uns sobre os outros dentro de cada grupo. Ninguém vive sozinho, senão aquele que assim deseja.

“Portanto, ponham em primeiro lugar na sua vida o Reino de Deus e aquilo que Deus quer, e Ele lhes dará todas essas coisas.” Mateus 6.33

“Pensemos uns nos outros a fim de ajudarmos todos a terem mais amor e a fazerem o bem.” Hebreus 10.24

“Sejam obedientes uns aos outros, pelo respeito que têm por Cristo.” Efésios 5.21

“Que ninguém procure somente os seus próprios interesses, mas também os dos outros.” Filipenses 2.4

“Pelo contrário, enquanto esse “hoje” de que falam as Escrituras Sagradas se aplicar a nós, animem uns aos outros, a fim de que nenhum de vocês se deixe enganar pelo pecado, nem endureça o seu coração.” Hebreus 3.13

“Por isso procuremos sempre as coisas que trazem a paz e que nos ajudam a fortalecer uns aos outros na fé.” Romanos 14.19

“Vocês são como um edifício e estão construídos sobre o alicerce que os apóstolos e os profetas colocaram. E a pedra fundamental desse edifício é o próprio Cristo Jesus. Ele mantém o edifício todo bem firme e faz com que cresça como um templo dedicado ao Senhor. Assim vocês também, unidos com Cristo, estão sendo construídos, junto com os outros, para se tornarem uma casa onde Deus vive por meio do seu Espírito.” Efésios 2.20-22




Voltar





https://www.embed-map.com

Copyright Grupo Alphanet Hosting @ 2018


  • Facebook
  • Twitter
  • Google +
  • Youtube